Gastronomia | Viagens

The Cheesecake Factory: doces deliciosos nos EUA!

| 17 de Maio de 2018

Se existe um restaurante nos Estados Unidos que faz sobremesas incríveis, é o The Cheesecake Factory.

A história começa nos anos 1940, em Michigan, quando a dona de casa Evelyn usa seus dotes culinários para produzir os clássicos cheesecakes e fornecer para os melhores restaurantes de Detroit. O negócio cresceu quando a família se mudou para Los Angeles e passou a atender os restaurantes de lá. Foi seu filho, David, que abriu o primeiro The Cheesecake Factory em 1978, em Beverly Hills. O restaurante foi um grande sucesso e hoje a marca já tem mais de 200 estabelecimentos ao redor do mundo.

Como nós gostamos muito de provar sobremesas novas quando estamos viajando, fomos novamente ao The Cheesecake Factory. Cada vez que vamos ao restaurante, escolhemos um cheesecake diferente – e acreditem, são dezenas de opções!

Durante nossa última viagem aos Estados Unidos, provamos alguns sabores diferentes. Particularmente, meu favorito foi o Lemon Meringue Cheesecake, uma versão de cheesecake da torta de limão com merengue. Outro que também estava muito bom foi o Oreo Dream Extreme Cheesecake, feito com creme de Oreo, bolachas salpicadas e várias camadas de chocolates diferentes – acho que é impossível essa combinação dar errado, né?

Apesar dos destaques serem os doces, os pratos principais do restaurante também são deliciosos! O preço também é bom, levando em conta a qualidade das refeições oferecidas. Os pratos principais saem entre 17 e 20 dólares, enquanto os cheesecakes custam em torno de US$8.

O The Cheesecake Factory é parada obrigatória nos Estados Unidos! Clique aqui para acessar o site e conferir os restaurantes espalhados pelo país.

Ir para Post

Gastronomia

Shake Shack, a hamburgueria hype dos EUA

| 25 de Abril de 2018

Aposto que pelos feeds e fotos do Instagram, pelo menos uma vez você já viu aquelas batatinhas em zig-zag. Elas ficaram super famosas com o Shake Shack, uma hamburgueria conhecidíssima dos Estados Unidos. Ela surgiu em 2004 como um carrinho de hot dog na agitada Manhattan. O negócio cresceu e hoje é uma das maiores redes de lanchonete dos Estados Unidos, com unidades em diversos estados do país.

Conheci a lanchonete em 2013, durante uma viagem a Nova York. Esses ano, foi a vez de conhecer a unidade da Lincoln Road, em Miami.

Comemos lanches tradicionais – hambúrguer, salada e queijo – e pedimos as clássicas batatinhas fritas. Tudo estava delicioso e o preço é super justo se comparado com outras lanchonetes. O hambúrguer simples, por exemplo, sai por pouco mais de $5, as batatinhas custam $2.95 e a limonada da casa (que por sinal é ótima!) é $2.75.

Arrisco dizer que é a batata frita mais gostosa que já comi na vida! Então já sabe: se estiver com viagem marcada, não deixe de conhecer, ok? Todos os endereços estão disponíveis no site www.shakeshack.com

Clique aqui e leia mais sobre a Flórida

Ir para Post

Gastronomia | Viagens

Il Vero Alfredo

| 26 de novembro de 2017

Um dos restaurantes mais famosos de Roma é o Il Vero Alfredo. Ele ficou mundialmente conhecido pelo clássico prato fettucinne Alfredo, criado no ano de 1908 por Alfredo, um cozinheiro italiano. Tanto o restaurante, quanto a tradição do prato foram sendo passados de geração em geração, estabelecendo-se como um dos mais tradicionais restaurantes da Itália.

Durante nossa passagem por Roma, decidimos provar o tão famoso fettucinne. O garçom traz a massa numa travessa e termina de prepara-la na mesa, misturando-a com manteiga e muito parmesão ralado. 

Nós adoramos conhecer o restaurante e provar o verdadeiro fettucinne Alfredo em Roma! Vale ressaltar que o valor do prato não é tão barato pela quantidade servida, mas vale a pena conferir porque é um clássico! 

O restaurante abriu algumas filiais ao redor do mundo, inclusive em Salvador, aqui no Brasil. No próprio site você confere a lista completa de restaurantes.

Endereço: Piazza Augusto Imperatore, 30 – Roma, Itália

Para mais informações, acesse www.ilveroalfredo.it.

Ir para Post

Gastronomia

Hamburgueria em SP: O Burguer

| 10 de novembro de 2017

Esses dias fui conhecer O Burguer, uma hamburgueria que fez um super sucesso no ano passado porque servia lanches imitando fondue – as batatas são enfiadas dentro do pão, junto com muito queijo cremoso. Apesar da minha curiosidade desde o começo, só conheci agora e hoje trago a minha opinião do lanche pra vocês, assim como a opinião dos meus amigos que foram comigo!

1. Gotham City“Achei o meu hambúrguer delicioso, não achei a carne seca, pelo contrário, estava no ponto que eu tinha pedido. A única observação que eu queria frisar era sobre o pão, achei um pouco maçudo, mas fora isso, uma delícia” – Hawinne

2. Eddie O’Hare: “Foi um dos melhores hambúrgueres que eu já comi, era bem recheado, com muito sabor e não era seco como normalmente é vendido em outras hamburguerias” – Pedro

3. Delta: “O lanche estava muito bom! Eu pedi sem o ovo. O chimichurri estava show e a cebola era agridoce, muito boa” – Bruna 

4. Chicago: “O hambúrguer era delicioso! O queijo brie dá um sabor diferente, fica muito bom. E o crocante também deu um toque especial” – Bárbara

5. The Loop: “Eu achei o conjunto em si gostoso, mas eu esperava mais do molho de queijos, e não achei o hambúrguer tão suculento, mas no geral o lanche estava bom. Não superou minhas expectativas, acho que é mais um lanche bonito do que gostoso” – Yasmin

6. Miles Davis: “Eu gosto muito do agridoce, do abacaxi e da farofa de castanha do pará. Casou muito com o sabor do hambúrguer. Pedi só pra trocarem o hambúrguer porque gosto muito da carne suína” – Iury

No geral, dá pra perceber que gostamos muito dos lanches, né? Eles eram grandes e custavam entre 30 e 40 reais.

Endereço: Av. Moaci, 806 – Moema, São Paulo

Ir para Post

Gastronomia

Culinária grega em SP: restaurante MYK

| 30 de agosto de 2017

Semana passada foi meu aniversário de 20 anos. Todos os anos gosto de comemorar conhecendo um restaurante novo durante a noite. Dessa vez, escolhi o Myk, restaurante de culinária grega super badalado aqui em São Paulo.

O restaurante fica na Rua Peixoto Gomide, 1972, no bairro de Jardim Paulista. Ele leva esse nome por causa de Mykonos, ilha grega paradisíaca e destino queridinho de várias celebridades.

Meu irmão pediu um filet mignon grelhado com batatas ao mel orgânico, nozes e azeitonas kalamatas e minha mãe optou por um orecchiette com camarões ao limão siciliano. 

Eu e meu pai escolhemos dividir a tradicional moussaka, uma espécie de lasanha feita com beringela, batata, ragu de cordeiro e bechamel. No cardápio diz que é para duas pessoas, mas a porção é bem servida. Eu nunca havia provado esse prato e simplesmente amei! É muito, muito bom!

Por fim, encerramos com uma sobremesa: sorvete de galaktôboureko com massa folhada e pistaches caramelizados. Tem um design diferente, é saborosa, mas não surpreendeu tanto quando os outros pratos.

Os preços variam entre 60 e 80 reais para pratos individuais, e a lasanha para compartilhar custa R$98. Já as sobremesas custam entre 20 e 30 reais. Não é um restaurante barato, mas sem dúvidas vale a pena pela qualidade das comidas servidas.

Amei conhecer o Myk e experimentar um pouquinho da culinária grega. Os pratos estavam deliciosos, o ambiente é super agradável e o jantar foi incrível! Com certeza vamos querer voltar mais vezes. 

Ir para Post