Tag Archives: Brasil

Bráz Elettrica, a novidade da pizza paulistana

O estilo descontraído da Bráz Elettrica me conquistou de primeira. Antes mesmo da casa ser inaugurada em São Paulo, no fim de junho, eu já acompanhava os preparativos pelo Instagram e sabia que não demoraria muito pra conhecer a novidade da pizza paulistana.
Considerada como a irmã “moderninha” da Bráz, tradicional pizzaria que possui várias casas aqui em São Paulo, em Campinas e no Rio de Janeiro, a Bráz Elettrica abre suas portas trazendo um conceito totalmente novo para as pizzarias da capital. 
As pizzas são individuais e não há talheres. Como não há garçons, o pedido é feito no caixa e o cliente espera ser chamado para retirar sua pizza. Existem algumas mesas no piso superior, assim como balcões compartilhados no térreo. O clima informal é outro ponto positivo da casa. A música é boa e a decoração é inusitada, misturando elementos do rock, pop e, claro, da gastronomia.
O nome da casa foi inspirado no forno elétrico utilizado para assar as pizzas, fabricado artesanalmente em Nápoles. Em apenas 90 segundos, temos uma pizza leve, crocante e muito saborosa. Todas as receitas foram criadas por Anthony Falco, que já trabalhou em uma das principais pizzarias de Nova York e trouxe a pegada urbana e descontraída da cidade para suas criações.
Pedi a clássica margherita, que é feita com três queijos (búfala, mozzarella e grana padano), além de molho e manjericão. Estava deliciosa! Todas as pizzas custam entre R$25 e R$30 e são individuais, sendo perfeitas pra comer com a mão. Além disso, a casa também possui opções de entrada, salada e sobremesa, como o clássico tiramisù.
Quanto às bebidas, o grande destaque é a cerveja da casa. A Elettrica custa R$9 e foi encomendada para a microcervejaria Blondine. Sua produção é artesanal e foi criada especialmente para combinar com as pizzas, pois tem um sabor leve e amargor equilibrado.
Endereço: Rua dos Pinheiros, 220 – Pinheiros, São Paulo – SP
A Bráz Elettrica funciona todos os dias, inclusive no horário do almoço – quem disse que pizza é só no jantar, né? Provei e agora recomendo demais!

 

Restaurant Week @ A Esperança Vino & Cucina

Eu já falei sobre o Restaurant Week diversas vezes aqui no blog. Acho que em todas elas, falei bem dos restaurantes, mas infelizmente dessa vez tenho que pontuar uma experiência desagradável que tive no restaurante A Esperança Vino & Cucina. 
Reservei uma mesa para quatro pessoas no restaurante para domingo às 14h. Geralmente é um horário bem movimentado nos restaurantes, mas esse estava tranquilo. Chegamos lá por volta das 14h15 e logo sentamos. Como já disse outras vezes, o Restaurant Week é bem rápido e a escolha dos pratos também, então em pouco tempo já tínhamos escolhido o que íamos comer.
Fizemos o pedido. Em 20 minutos, a entrada já havia chegado. Pedi a polenta com ragú e estava morna e insossa, totalmente sem graça. O camarão, entretanto, era saboroso. O problema mesmo foi a diferença de tamanho dos camarões que saíam da cozinha. Alguns pratos tinham camarões absurdamente grandes, enquanto outros eram muito pequenos.
Após recolherem nossos pratos da entrada, ficamos quase 1h30 esperando pelo prato principal. Esse tempo é excessivo quando comparado aos outros restaurantes que participam do restaurant week, cujos pratos chegam em menos de 20 minutos. Tivemos que reclamar algumas vezes. No fim, a mesa ao nosso lado (que tinha chegado depois da gente), já estava comendo o prato principal antes mesmo de levarem o nosso. Logo depois chegou e aí sim ficamos decepcionados. Eu optei pelo peixe, que era insosso também; de acompanhamento veio um macarrão quase que cru e frio. A outra opção de prato era um purê de batatas com porqueta à pururuca. O purê estava gostoso, mas a porqueta era extremamente pequena. Ah, sem contar que, mais uma vez, havia diferença entre o tamanho da carne (vide foto).
Para pedir a sobremesa, mais espera. Foram quase 30 minutos para chegar os doces e a conta, que aproveitamos para pedir junto depois de tanta demora. Os churros chegaram primeiro e estavam bem queimados. Tivemos que esperar mais tempo ainda para a outra sobremesa chegar, que era o mousse de chocolate com côco. Estava normal, mais uma vez sem graça. A conta veio junto.
Camarões empanados com sourcream e ovas de massago

Polenta cremosa com ragú de costela bovina
Porqueta à pururuca com purê de batata e tomates

Truta recheada com salmão ao velouté e tagliatelle na manteiga
Mini churros com doce de leite
O Restaurant Week é um festival gastronômico no qual os restaurantes participantes montam um cardápio especial com algumas opções de entrada, prato principal e sobremesa por um preço fixo.
 
MENU RESTAURANT WEEK 2016/2  –  26/09 a 16/10
Almoço: R$42,90
Jantar: R$53,90
ENDEREÇO DO RESTAURANTE A ESPERANÇA VINO & CUCINA:
Rua Pedroso Alvarenga, 716 – Itaim Bibi – São Paulo/SP

Restaurant Week @ O Gato Que Ri

Começou mais uma temporada do Restaurant Week e lá fui eu conhecer novos restaurantes pela cidade de São Paulo. Digo e repito: não tem coisa que mais gosto nesse mundo do que provar pratos novos em restaurantes que nunca fui!
O Gato que Ri é um restaurante super tradicional do centro de São Paulo. Ele foi aberto em 1961 e faz muito sucesso desde então. A feijoada é um dos pratos mais clássicos da casa, mas como estávamos lá para participar do Restaurant Week, tivemos que deixar para a próxima.
O Restaurant Week é um festival gastronômico no qual os restaurantes participantes montam um cardápio especial com algumas opções de entrada, prato principal e sobremesa por um preço fixo.
MENU RESTAURANT WEEK 2016/2  –  26/09 a 16/10
Almoço: R$42,90
Jantar: R$53,90
Insalata de Zucchine: salada de abobrinha com palitos de queijo coalho e repolho roxo ao molho vinagrete especial
Pomodoro Arrosto: tomate recheado com cogumelos frescos e assado no forno a lenha
Saint peter grelhado ao molho de alcaparras acompanhado de arroz de salsa e cuscuz de camarão
Entrecôte grelhado ao molho gorgonzola, acompanhado de talharim verde na manteiga
Tiramisù: tradicional sobremesa italiana com mascarpone e licor de café
Torroncino: crocante de amêndoas e mel, mousse de ganache de chocolate meio amargo em base de bolo de chocolate
Para mim, uma das vantagens de comer no Restaurant Week é a rapidez com que os pratos chegam à mesa. Dessa vez não foi diferente, e minutos após fazermos nosso pedido, a entrada já estava chegando. A salada estava gostosa e o tomate recheado também, mas não surpreenderam. Já os pratos principais eram muito bem servidos e estavam deliciosos, porém podiam estar um pouco mais quentes. Quanto a sobremesa, apenas o tiramisù nos agradou. A apresentação do torroncino era bonita, mas o sabor era um pouco sem graça e a porção era muito pequena.
ENDEREÇO DO RESTAURANTE O GATO QUE RI
Largo do Arouche, 37/41 – Santa Ifigênia, São Paulo/SP

Gostou da indicação? Clique aqui para encontrar mais posts sobre GASTRONOMIA!
 

Restaurante em SP: L’Entrecôte de Paris

Como uma boa fã da gastronomia francesa, eu sempre tive vontade de conhecer o bistrô L’Entrecôte de Paris, do chef Olivier Anquier. O restaurante é conhecido por ter apenas um prato, o entrecôte, um corte específico de carne. Ele acompanha batata frita à vontade e um molho secreto. Quem pede o prato ainda prova uma salada deliciosa como entrada.

Preço médio do prato durante a semana: R$55
Preço médio do prato nos finais de semana: R$75

Para mais informações sobre o restaurante, acesse www.lentrecotedeparis.com.br

 
O prato pode parecer simples, mas é incrível! Vale a pena separar uma data especial e conhecer o restaurante.

Gostou da indicação? Clique aqui para encontrar mais posts sobre GASTRONOMIA!

Tea Connection em SP!

O Tea Connection é um restaurante de chás gourmet e comidas naturais que nasceu em Buenos Aires, na Argentina, mas já ganhou filiais no México, Chile e Brasil. Fui conhecer o espaço dos Jardins com as minhas amigas e confirmei o que já esperava: o lugar é uma delícia!
O forte são as bebidas feitas com chá, mas há também diversas opções de sucos no cardápio. 
Da esquerda para direita: 1- suco de banana, maracujá e laranja; 2- água frutal de morango, abacaxi e limão; 3- suco de açaí com outras frutas.

 

Wok de camarão: camarões extra grandes, arroz cateto integral, abobrinha, cenoura, cebola e ervilhas. Salteado com molho teriyaki com limão, servido com folhas de coentro e gominho de melão.

 

Lasanha veggie: abobrinha assada com abóbora, queijo, milho, lâminas de beringela e molho de tomate.

 

Salmão da casa: salmão servido com risoto de arroz negro com gorgonzola e parmesão, salada de rúcula, cogumelos, tomatinhos cereja e nozes picadas.
Endereço do Tea Connection: Alameda Lorena, 1271 – Jardins – São Paulo/SP
Gostou da indicação? Clique aqui para encontrar mais posts sobre GASTRONOMIA!