Viagens

Uma tarde em San Marino

| 21 de dezembro de 2017

A República de San Marino é um país pequenininho envolto pela Itália, com apenas 61km². É considerado um dos países mais antigos do mundo e hoje sustenta-se pelo turismo. As atrações da região giram em torno do território montanhoso, incluindo torres, castelos e construções históricas. 

O país é mundialmente conhecido pelo Grande Prêmio de San Marino de Fórmula 1, mas que na verdade é disputado na região italiana de Imola.

Quando fui? Janeiro de 2017 (inverno)

Quanto tempo fiquei na cidade? Meio dia

Como chegar? Fizemos o trajeto Bolonha – San Marino em aproximadamente 1h30 de carro

Para circular por San Marino, deixe seu carro em um dos estacionamentos no começo da cidade e faça todos os passeios a pé. Pouquíssimas ruas permitem o tráfego de veículos, então aproveite para conhecer o centro histórico a pé. 

Quanto aos pontos turísticos, vale a pena conhecer as torres de San Marino, que foram construídas para proteger a cidade de ataques externos. São três torres no total, mas apenas duas estão abertas para visitação: La Rocca La Cesta. O ingresso para visitar a torre custa €4.50 cada.

Outro fator que deixa o pequeno país no radar dos turistas são as compras. O preço de vários coisas é mais barato, já que em San Marino você não precisa pagar o imposto de compra VAT, de 20%, como existe em toda a Itália. 

Aos viajantes que quiserem carimbar o passaporte, San Marino fornece um carimbo simbólico por €5, que pode ser feito no centro turístico.

 

 

Ir para Post

Viagens

Onde reservar passagem aérea, hotel e carro para suas viagens

| 18 de dezembro de 2017

Planejar uma viagem é tão empolgante quanto realizá-la.

O processo pode ser demorado, mas quando escolhemos as opções certas, as chances de algo dar errado são bem baixas. De tanto organizar viagens com minha família, aprendemos algumas coisinhas que hoje facilitam toda a busca por passagens aéreas, hotéis e carros para nossas viagens. Nesse post, você encontrará indicações de sites que ajudarão a tornar sua viagem perfeita!

No Expedia, você consegue reservar voos, hotéis, carros e pacotes fechados. É um site completão e sempre tem preços bacanas! Usamos direto.

Assim como o Expedia, o Booking também oferece as mais diferentes opções de reservas.

Airbnb ficou muito popular nos últimos anos porque oferece acomodações de qualidade por um preço bom. Ele é a melhor opção se você vai viajar e prefere ficar em apartamentos, ao invés de hotéis.

Apesar do nome, o Decolar.com oferece muito mais do que apenas passagens aéreas. No site, você também pode reservar acomodações, carros e transfers, ingressos de passeios, seguros e até mesmo cruzeiros!


TripAdvisor é um dos meus favoritos. Você consegue buscar referências de hotéis, voos, passeios e principalmente restaurantes. O site disponibiliza uma classificação feita pelos leitores, assim como comentários a respeito. Eu sempre entro para procurar lugares para comer, inclusive quando estou em São Paulo.

123Milhas utiliza um banco de milhas para buscar passagens aéreas mais baratas. São vários destinos no Brasil e no mundo com descontos de até 50%.

Trivago trabalha com um buscador de hotéis com melhores preços no seu destino. Você também pode ativar alertas para receber e-mails quando o site encontrar alguma oferta bacana. 

Outro site interessante para buscar hotéis é o Hoteis.com, que funciona da mesma maneira que os outros: você digita a data de check-in e check-out, assim como o destino, e ele te dá uma seleção de ofertas na região.


Se você procura um site completão, o Hotel Urbano vale o clique. Dá para procurar hotéis, pacotes de viagem, ingressos para passeios e até passagens aéreas. O site também possui um tópico cheio de promoções interessantes que vale a pena conferir.

Mais uma opção de site completo é o Submarino Viagens, que traz ofertas de passagens, pacotes, resorts, carros e ingressos. Vale acessar as promoções do dia e encontrar a melhor oferta para sua viagem.

Para a locação de carros, indico os sites da HertzBudgetAvis ou RentCars.

Ir para Post

Gastronomia | Viagens

Il Vero Alfredo

| 26 de novembro de 2017

Um dos restaurantes mais famosos de Roma é o Il Vero Alfredo. Ele ficou mundialmente conhecido pelo clássico prato fettucinne Alfredo, criado no ano de 1908 por Alfredo, um cozinheiro italiano. Tanto o restaurante, quanto a tradição do prato foram sendo passados de geração em geração, estabelecendo-se como um dos mais tradicionais restaurantes da Itália.

Durante nossa passagem por Roma, decidimos provar o tão famoso fettucinne. O garçom traz a massa numa travessa e termina de prepara-la na mesa, misturando-a com manteiga e muito parmesão ralado. 

Nós adoramos conhecer o restaurante e provar o verdadeiro fettucinne Alfredo em Roma! Vale ressaltar que o valor do prato não é tão barato pela quantidade servida, mas vale a pena conferir porque é um clássico! 

O restaurante abriu algumas filiais ao redor do mundo, inclusive em Salvador, aqui no Brasil. No próprio site você confere a lista completa de restaurantes.

Endereço: Piazza Augusto Imperatore, 30 – Roma, Itália

Para mais informações, acesse www.ilveroalfredo.it.

Ir para Post

Viagens

5 passeios imperdíveis de Roma

| 2 de novembro de 2017

Roma é a capital da Itália e a maior cidade do país. Além disso, é a única cidade no mundo a ter um país inteiro em seu interior – o Vaticano. Sua história começa há mais de 2.500 anos, quando era conhecida como “A Cidade Eterna” pelos poetas da Roma Antiga. Ao lado de Florença, Roma foi também um dos principais centros do Renascimento italiano, concentrando nomes como Michelangelo, Bramante e Rafael Sanzio. 

Quando fui? Janeiro de 2017 (inverno, 0 grau)

Quanto tempo fiquei na cidade? 3 dias

Onde fiquei hospedada? NH Collection Roma Vittorio Veneto (4 estrelas): ficamos novamente em um hotel da linha NH e mais uma vez estava tudo ótimo! Bem localizado (próximo ao parque Villa Borghese), quartos confortáveis e café da manhã excelente. 

Confira agora as minhas cinco atrações favoritas de Roma – e completamente imperdíveis!

O Pantheon é um edifício circular construído durante o século I. Sua fachada tem grandes colunas de granito, enquanto seu interior tem a maior cúpula de concreto não reforçado do mundo – e detalhe, está lá há mais de dois mil anos! O local é utilizado para realizar celebrações religiosas e abriga os túmulos de dois reis da Itália, Vitor Emanuel II e Humberto I, assim como os restos mortais do artista Rafael Sanzio. 

Onde: Piazza della Rotonda

Quanto: entrada gratuita

Para mais informações, acesse www.rome.info/pantheon

O Coliseu, construído por volta de 80 d.C., era utilizado para espetáculos, combates e execuções. As atrações que ocorriam dentro do anfiteatro concentravam mais de 70 mil pessoas! Porém, o Coliseu perdeu sua função de entretenimento durante a era medieval, quando assumiu um caráter cultural e religioso. O monumento tornou-se símbolo da Roma Antiga e hoje é considerado uma das sete maravilhas do mundo moderno.

A visita por dentro do Coliseu é parada obrigatória em Roma. A sensação de estar em um lugar tão antigo é algo indescritível, sem contar na imensidão do anfiteatro! O passeio pelo interior dá acesso a alguns locais permitidos para visitação comum, mas caso você queira ir além, há tickets que possibilitam a entrada em locais exclusivos do Coliseu.

Onde: Piazza del Colosseo, 1

Quanto: 12 euros – bilhete comum 

Para mais informações, acesse www.il-colosseo.it

Os monumentos históricos são os mais visitados de Roma. O Fórum Romano, por exemplo, abriga ruínas de várias construções do Império Romano. Ele está localizado no vale entre o Monte Palatino e o Monte Capitolino, bem pertinho do Coliseu. Ali funcionava o centro da vida pública, onde realizavam cerimônias, eleições, discursos e até mesmo confrontos. 

Onde: Via della Salara Vecchia, 5/6

Quanto: 12 euros – bilhete comum

Para mais informações, acesse www.il-colosseo.it

A Fontana di Trevi é uma fonte gigantesca construída há mais de três séculos. É um dos maiores símbolos da Itália, então atrai milhões de turistas anualmente para jogar moedas na fonte e fazer um pedido – tradição clássica do local. O mais legal é que essas moedas são constantemente recuperadas e doadas para instituições de caridade. Em 2016, por exemplo, os turistas jogaram mais de 1,4 milhão de euros na fonte! A Fontana também apareceu diversas vezes em filmes, como no clássico La Dolce Vita.

Onde: Piazza di Trevi

Nem sei como descrever o que é conhecer o Vaticano. Ele é o menor país do mundo e funciona como a sede da Igreja Católica. Tem dois lugares bem interessantes pra conhecer por lá: os Museus do Vaticano e a Basílica de São Pedro. Ambos são disputadíssimos e estão sempre lotados, então a dica é simples: chegue cedo! Visite a Basílica antes dos Museus, porque a fila dela costuma aumentar bem mais rápido! Aí depois você acessa os Museus (e compre o ticket antes pela internet). 

Os Museus do Vaticano abrigam várias obras famosas, mas uma em especial chama a atenção e é a principal delas: o teto da Capela Sistina. Ela foi pintada pelos maiores artistas do Renascimento, como Michelangelo, Rafael Sanzio, Bernini e Botticelli. Não é permitido fotografar no local, então o que a gente mais vê são os turistas olhando para o teto vislumbrados. É lindo demais!

A Basílica de São Pedro é apenas a maior Igreja do mundo! Foi construída entre os séculos XVI e XVII sob os comandos do arquiteto Donato Bramante. Seu nome foi dado em homenagem a São Pedro, o primeiro papa da história, cujos restos mortais estão enterrados na própria basílica. Ela é absurdamente grande e pode ocupar mais de 60 mil pessoas, principalmente nos dias que o Papa celebra liturgias importantes. 

Onde: Piazza San Pietro

Quanto: A entrada na basílica é gratuita. O ticket para acessar os museus custa 16 euros (bilhete comum).

Para mais informações, acesse www.museivaticani.va

Leia mais posts sobre a Itália clicando aqui!

Ir para Post

Lifestyle | Viagens

5 contas do Instagram para quem gosta de viajar

| 4 de outubro de 2017

Se você já se viu obcecado pelo feed perfeito, aquele todo clarinho e harmônico, vai se apaixonar mais uma vez com as indicações do post de hoje. Mais do que um feed organizado, as contas que separei aqui são perfeitas se você gosta de viajar! São cinco inspirações de meninas que tiram fotos incríveis durante viagens e compartilham tudo no Instagram! Olha só:

@gigiemparis | A Giovanna é jornalista de viagens, fotógrafa e mora em Paris. Administra o blog Gigi em Paris, onde compartilha dicas e roteiros pela cidade e de outros lugares que conheceu ao redor do mundo. Possui uma parceria com o Consulado da França no Brasil e também comanda o À Paristana, no portal do Estadão.

@betina.neves | Betina Neves também é jornalista de viagens e já escreveu para grandes revistas, como Viagem e Turismo, Elle e Veja São Paulo. Paralelo à carreira de jornalista, Betina trabalha também escrevendo para seu site Carpe Mundi.

@anna.laura | Anna Laura tem provavelmente um dos feeds e fotos mais lindas que você vai encontrar no Instagram. Também escreve para o site Carpe Mundi, ao lado de Betina. Hoje, dedica-se 100% ao jornalismo de viagem.

@raira | Raira Venturieri é jornalista e escreve sobre viagens há quase 10 anos. No Delícia de Blog, seu blog pessoal, compartilha momentos e dicas de viagens.

@jannarizzy | A única estrangeira da lista é a Janna Rizzy. Natural de Filipinas, Janna mora em Las Vegas e, após muitos pedidos, criou um blog para documentar suas viagens, o Janna on a Jaunt.

Agora quero as dicas de vocês! Qual insta com fotos de viagens vocês mais gostam?

Ir para Post