Gastronomia | Viagens

Onde comer em Florença

| 30 de janeiro de 2017
Florença, assim como outras cidades da Itália, é conhecida por sua excelente gastronomia. O prato mais famoso da cidade é a bistecca alla fiorentina. Não deixe de prova-la! Os restaurantes costumam servir em porções com aproximadamente um quilo de carne, além de um acompanhamento.
IL CAVALLINO

Provamos a bistecca alla fiorentina no restaurante Il Cavallino. Seu ponto forte é a localização, pois está em plena Piazza della Signoria. Geralmente os restaurantes que ficam em locais turísticos são mais caros e os pratos não costumam ser bem-servidos, por isso chamamos de pega-turista, mas nesse caso estava tudo delicioso e o preço era bom.

Endereço: Piazza della Signoria 28
 

RISTORANTE PIZZERIA MASO’
 
Esse restaurante foi um verdadeiro achado, porque ficava na rua do nosso hotel e tinha a combinação perfeita para qualquer viajante: preço bom, pratos bem-servidos e comida deliciosa! Acho que voltamos lá umas três vezes de tanto que gostamos.
 
O restaurante tinha um combo por 10 euros: entrada + massa + refrigerante. Se você optasse por carne como prato principal, o valor era 15 euros. Também comemos pizza por lá e o preço variava entre 7 euros (margherita, por exemplo) e 15 euros.
 
Endereço: Via Maso Finiguerra 10 
 
Clique aqui para acessar mais posts da minha viagem à Itália!

Ir para Post

Gastronomia | Viagens

Onde comer em Siena

| 14 de janeiro de 2017

Como contei no post Diário de Viagem: Siena, passamos pouco tempo na cidade. Chegamos a noite e tivemos apenas a manhã do dia seguinte para conhecê-la. Dessa forma, fizemos apenas uma refeição por lá: o jantar do dia em que chegamos. 

 

 Achei a indicação da Osteria La Mossa enquanto organizava meu roteiro de viagem. Ela é bem localizada, fica na Piazza del Campo, pertinho do nosso hotel. Há diversos pratos no cardápio, mas os aperitivos parecem ser o forte do lugar. Como estávamos morrendo de fome depois de um dia inteiro de viagem, optamos por comer alguma massa.

 A sopa era cortesia do restaurante

 

A porção dos pratos não era muito grande, mas eles estavam bons. Pedimos sobremesa também, já que eu havia lido excelentes recomendações e não nos decepcionamos: elas estavam deliciosas.

Média de preço: 10 euros o primi piatti (prato de massa)

Endereço: Piazza del Campo, 29 – Siena, Itália

Clique aqui para acessar mais posts da minha viagem à Itália!

Ir para Post

Gastronomia | Viagens

Diário de viagem: Siena

|
Nossa viagem de três semanas pela Itália começou em Siena. Pousamos no aeroporto de Roma e fomos de carro até a cidade, o que levou umas 3 horas. Como chegamos durante a noite, saímos apenas para comer e no dia seguinte pudemos conhecer um pouco da cidade. 
Quando fui? Dezembro de 2016 (inverno, zero grau). 
Quanto tempo fiquei na cidade? Meio dia (cheguei a noite e conheci a cidade na manhã do dia seguinte)
Onde fiquei hospedada? NH Siena. O hotel é bem localizado e perto dos principais pontos turísticos da cidade.
OBS: A rede NH é excelente! O hotel tem 4 estrelas, o quarto é impecável e o café da manhã é maravilhoso! Já ficamos várias vezes, inclusive em outros países. Recomendo muito!
Como chegar? Fomos a partir de Roma, de carro (230 km).
 
O QUE FAZER EM SIENA?
A catedral de Siena, ou então Duomo di Siena, é a igreja principal da cidade. Ela foi construída no século 13 e é totalmente revestida de mármore branco e preto, cores do brasão de Siena. Em seu interior, há várias obras do escultor renascentista Donatello. Infelizmente não conseguimos entrar, já que a igreja ainda não estava aberta para visitas.
Endereço: Piazza del Duomo – Siena, Itália
Horário de funcionamento: 10h30 às 17h30
Preço: entrada gratuita
 
A Piazza del Campo é a praça mais famosa da cidade. Isso porque sedia uma importante corrida de cavalos que ocorre anualmente, chamada Palio di Siena. A competição acontece desde o século XVII e os competidores representam os bairros da cidade de Siena. No total são 18 bairros que desfilam pela praça, mas apenas 10 podem participar da corrida.
Quando ocorre o Palio di Siena? 2 de julho e 16 de agosto. Vale a pena se programar caso você visite a cidade por volta desses dias, já que a praça fica lotada de pessoas assistindo a corrida.
 
Clique aqui para acessar mais posts da minha viagem à Itália!

Ir para Post

Gastronomia

Restaurant Week @ A Esperança Vino & Cucina

| 14 de outubro de 2016

Eu já falei sobre o Restaurant Week diversas vezes aqui no blog. Acho que em todas elas, falei bem dos restaurantes, mas infelizmente dessa vez tenho que pontuar uma experiência desagradável que tive no restaurante A Esperança Vino & Cucina. 

Reservei uma mesa para quatro pessoas no restaurante para domingo às 14h. Geralmente é um horário bem movimentado nos restaurantes, mas esse estava tranquilo. Chegamos lá por volta das 14h15 e logo sentamos. Como já disse outras vezes, o Restaurant Week é bem rápido e a escolha dos pratos também, então em pouco tempo já tínhamos escolhido o que íamos comer.

Fizemos o pedido. Em 20 minutos, a entrada já havia chegado. Pedi a polenta com ragú e estava morna e insossa, totalmente sem graça. O camarão, entretanto, era saboroso. O problema mesmo foi a diferença de tamanho dos camarões que saíam da cozinha. Alguns pratos tinham camarões absurdamente grandes, enquanto outros eram muito pequenos.

Após recolherem nossos pratos da entrada, ficamos quase 1h30 esperando pelo prato principal. Esse tempo é excessivo quando comparado aos outros restaurantes que participam do restaurant week, cujos pratos chegam em menos de 20 minutos. Tivemos que reclamar algumas vezes. No fim, a mesa ao nosso lado (que tinha chegado depois da gente), já estava comendo o prato principal antes mesmo de levarem o nosso. Logo depois chegou e aí sim ficamos decepcionados. Eu optei pelo peixe, que era insosso também; de acompanhamento veio um macarrão quase que cru e frio. A outra opção de prato era um purê de batatas com porqueta à pururuca. O purê estava gostoso, mas a porqueta era extremamente pequena. Ah, sem contar que, mais uma vez, havia diferença entre o tamanho da carne (vide foto).

Para pedir a sobremesa, mais espera. Foram quase 30 minutos para chegar os doces e a conta, que aproveitamos para pedir junto depois de tanta demora. Os churros chegaram primeiro e estavam bem queimados. Tivemos que esperar mais tempo ainda para a outra sobremesa chegar, que era o mousse de chocolate com côco. Estava normal, mais uma vez sem graça. A conta veio junto.

Camarões empanados com sourcream e ovas de massago

Polenta cremosa com ragú de costela bovina

Porqueta à pururuca com purê de batata e tomates

Truta recheada com salmão ao velouté e tagliatelle na manteiga

Mini churros com doce de leite

 

O Restaurant Week é um festival gastronômico no qual os restaurantes participantes montam um cardápio especial com algumas opções de entrada, prato principal e sobremesa por um preço fixo.

MENU RESTAURANT WEEK 2016/2  –  26/09 a 16/10

Almoço: R$42,90

Jantar: R$53,90

 

ENDEREÇO DO RESTAURANTE A ESPERANÇA VINO & CUCINA:

Rua Pedroso Alvarenga, 716 – Itaim Bibi – São Paulo/SP

Ir para Post

Gastronomia

Restaurant Week @ O Gato Que Ri

| 2 de outubro de 2016

Começou mais uma temporada do Restaurant Week e lá fui eu conhecer novos restaurantes pela cidade de São Paulo. Digo e repito: não tem coisa que mais gosto nesse mundo do que provar pratos novos em restaurantes que nunca fui! 

O Gato que Ri é um restaurante super tradicional do centro de São Paulo. Ele foi aberto em 1961 e faz muito sucesso desde então. A feijoada é um dos pratos mais clássicos da casa, mas como estávamos lá para participar do Restaurant Week, tivemos que deixar para a próxima.

O Restaurant Week é um festival gastronômico no qual os restaurantes participantes montam um cardápio especial com algumas opções de entrada, prato principal e sobremesa por um preço fixo.

MENU RESTAURANT WEEK 2016/2  –  26/09 a 16/10

Almoço: R$42,90

Jantar: R$53,90

Insalata de Zucchine: salada de abobrinha com palitos de queijo coalho e repolho roxo ao molho vinagrete especial
 
Pomodoro Arrosto: tomate recheado com cogumelos frescos e assado no forno a lenha
 
Saint peter grelhado ao molho de alcaparras acompanhado de arroz de salsa e cuscuz de camarão
 
Entrecôte grelhado ao molho gorgonzola, acompanhado de talharim verde na manteiga
 
Tiramisù: tradicional sobremesa italiana com mascarpone e licor de café
 
Torroncino: crocante de amêndoas e mel, mousse de ganache de chocolate meio amargo em base de bolo de chocolate
 
Para mim, uma das vantagens de comer no Restaurant Week é a rapidez com que os pratos chegam à mesa. Dessa vez não foi diferente, e minutos após fazermos nosso pedido, a entrada já estava chegando. A salada estava gostosa e o tomate recheado também, mas não surpreenderam. Já os pratos principais eram muito bem servidos e estavam deliciosos, porém podiam estar um pouco mais quentes. Quanto a sobremesa, apenas o tiramisù nos agradou. A apresentação do torroncino era bonita, mas o sabor era um pouco sem graça e a porção era muito pequena.

ENDEREÇO DO RESTAURANTE O GATO QUE RI

Largo do Arouche, 37/41 – Santa Ifigênia, São Paulo/SP 

Ir para Post