Lifestyle

Cow print: como usar a estampa de vaca

By on 12 de setembro de 2020

Vocês notaram que, nessa quarentena, a estampa de vaca começou a aparecer em tudo quanto é canto? Nos últimos meses, tenho visto cada vez mais peças de roupa, unhas decoradas e acessórios com o cow print.

Apesar de se tratar de uma animal print, ou seja, estampa de animal, eu particularmente acho a estampa de vaca mais difícil de combinar do que uma oncinha ou textura de cobra – talvez por ser uma estampa menos frequente. Por isso, pesquisei dezenas de referências, tanto na moda, quanto em decoração e beleza também, para mostrar como podemos adaptar a tendência, sempre levando em conta o nosso próprio estilo pessoal.

Os conjuntinhos e vestidos podem até fazer sucesso, mas uma boa opção para quem está começando a se arriscar na estampa é escolher uma peça em específico, como a calça ou a jaqueta. A partir daí, fica mais fácil de combinar com outros itens mais neutros. O look com a calça estampada, blusa preta e tênis branco é um bom exemplo.

Ainda parece muito pra você? Então vá pelos acessórios! Que tal um cinto com estampa de vaca? Assim, você insere o cow print de maneira sutil, sendo apenas um detalhe no look. O mesmo funciona para sapatos (o All Star ficou demais!) e bolsas com a estampa.

Para as ousadas de plantão, a maquiagem com estampa de vaca faz um super sucesso – é a cara do TikTok, né? Já que ela é composta por cores neutras (branco e preto), fica mais fácil de combinar com outras mais intensas, como os exemplos com rosa e verde neon.

Outra sugestão legal para aderir à tendência de maneira mais discreta são as nail arts, ou seja, decorar as unhas. Aí, a ideia de misturar com um ponto de cor aparece de novo e dá super certo!

Por fim, a estampa de vaca na decoração. Sabemos que é muito comum o uso da estampa em tapetes feitos de pele animal, mas você pode (e eu diria que deve) optar pelos materiais sintéticos. Além disso, trouxe outras inspirações com o cow print na decor: mantinha no sofá, capa de almofada e papel de parede são boas ideias que, sem dúvidas, trarão um ponto de destaque para o ambiente!

O que você acha da estampa de vaca? Gosta da tendência?

Continue Reading

Comportamento

‘Man Repeller’: o livro biográfico e divertido de Leandra Medine

By on 11 de agosto de 2020

Como uma boa adolescente dos anos 2010, eu cresci lendo blogs na internet. Aquele foi o momento em que, despretensiosamente, dezenas de mulheres começaram a ter seu espaço na internet para compartilhar tudo o que gostavam – moda, principalmente. Uma delas foi Leandra Medine, que morava no coração fashion do mundo: Nova York.

Leandra criou o blog Man Repeller em 2010 e foi um verdadeiro sucesso. A blogueira é conhecida por seus looks extravagantes, daí o nome escolhido para o blog: man repeller, em português, pode ser traduzido para “repelente de homens”. É assim que Leandra se define durante o livro Man Repeller: A divertida moda que espanta os homens, publicado em 2013.

Podemos classificar o livro como uma narrativa biográfica. Leandra compartilha vários momentos da sua vida, desde a infância até a faculdade, com muito humor. Sua escrita é fácil e gostosa de ler, perfeita para intercalar com leituras mais densas, ou então ler sem compromisso.

Cada capítulo possui o nome de uma peça de roupa. Leandra tem uma relação íntima com a moda e sempre associa cada passagem de sua vida com algum item fashion que tenha marcado esse período. De cara, me identifiquei com isso – sempre sei qual roupa estava usando em cada ocasião.

Por meio das “pílulas” da vida de Leandra, sempre escolhendo uma peça de roupa como “gancho”, vamos cada vez mais conhecendo quem é aquela mulher por trás dos looks diferentões. É como se você pudesse entrar na cabeça dela, ou então se sentasse para um café em que ela compartilhasse tudo como se fossem amigas de longa data.

Importante lembrar que Leandra não é uma super história de superação. Dezenas de blogueiras que fazem sucesso nos dias de hoje começaram do zero, com nenhum recurso financeiro ou oportunidade. No livro, percebemos que Leandra, por outro lado, sempre viveu uma vida de luxo: fazia viagens internacionais durante a infância, morava na caríssima cidade de Nova York e tinha acesso a itens de grife. Em nenhum momento a autora esconde isso, mas mostra, de maneira cômica, os perrengues que tinha apesar da “vida de elite”.

LEIA TAMBÉM: Look, por Thássia Naves

O fato de não ser um livro essencialmente sobre moda não deixa ele chato. Inclusive, se você não entende nada sobre o assunto, não será um empecilho. A narrativa é apenas uma amostra da mulher excêntrica que Leandra é e que, de fato, não se importa com a opinião alheia. Em alguns trechos, ela ilustra as situações com fotos dos momentos vividos ou das peças usadas, o que fica ainda mais interessante para visualizar as histórias compartilhadas.

Meu capítulo favorito foi, sem dúvidas, o último! Apesar de ser uma “repelente de homens“, Leandra se casa e mostra como a sua essência fashion continuou viva em todos os momentos, inclusive em seu casamento – é claro que ela fugiu do convencional! O vestido branco ganhou personalidade com uma jaqueta perfecto off white e tênis de plataforma com glitter. Eu achei sensacional!

Onde comprar?

O livro está com um mega desconto de 73% na Amazon: sai por apenas R$ 12,10! Clique aqui para comprar.

Continue Reading

Comportamento

Como plastificar livros e marca-páginas

By on 30 de julho de 2020

Contei nos stories do Instagram que eu gosto de plastificar com papel Contact meus marca-páginas favoritos – assim, eles ficam mais preservados e não estragam tão rápido.

Além de marcadores, eu mostro no vídeo que também encapo alguns livros e até mesmo textos em papel que eu não quero que envelheça, como um recorte do dia em que saí no Estadão.

Olha só:

E você, costuma plastificar alguma coisa? Tem alguma técnica? Compartilhe aqui!

Continue Reading

Gastronomia

Banana, doce de leite e chantilly: como fazer a famosa torta banoffee

By on 10 de julho de 2020

A torta banoffee ficou muito popular nos últimos anos. O nome é uma combinação de banana e toffee, que significa caramelo.

Na internet há centenas de receitas, das mais simples até elaboradas. No vídeo, segui a receita do site da Dani Noce; é trabalhosa, tem várias etapas, mas sempre fica boa!

Ingredientes: 

  • 450g de bolacha maisena
  • 180g de manteiga sem sal
  • 170g de chocolate 70% cacau
  • 500ml de leite
  • 450g de doce de leite
  • 6 gemas
  • 40g de amido de milho
  • 3 bananas
  • 275g de creme de leite fresco de lata (bem gelado e sem o soro)
  • 4 colheres de sopa de açúcar

Modo de preparo:

  • Triture os biscoitos e depois acrescente a manteiga em temperatura ambiente. Processe até ficar homogêneo e depois preencha uma forma de 25cm de diâmetro;
  • Leve a massa ao congelador até ficar completamente congelada e depois asse em forno preaquecido a 220 graus por cerca de 10 minutos;
  • Derreta o chocolate em banho maria e pincele-o sobre a massa da torta já assada. Essa etapa ajuda a impermeabilizar a torta e mantê-la crocante para o recheio de doce de leite;
  • Para fazer o creme, esquente o leite com o doce de leite. Enquanto isso, misture o amido de milho com as gemas em outra tigela;
  • Assim que a mistura do doce de leite estiver quente, jogue por cima das gemas e misture bem; depois, volte toda a mistura à panela e leve ao fogo médio, mexendo sem parar. Quando ferver, continue mexendo bem por 3 minutos. Retire do fogo, transfira para outra tigela e bata com a batedeira até amornar e cubra com plástico filme em contato;
  • Leve o creme à geladeira. Quando gelar por completo, bata mais um pouco com a batedeira para deixá-lo bem leve e, então, recheie a torta;
  • Pincele as rodelas de banana com suco de limão (evita que elas escureçam) e arrume-as por cima do creme;
  • Finalize com chantilly: bata o creme de leite fresco com o açúcar até o ponto de chantilly;
  • Decore com raspas de chocolate ou chocolate em pó polvilhado. 

Continue Reading

Comportamento

Isolamento social e This is Us | Updates #4

By on 8 de junho de 2020

PLANEJANDO…

A retomada da vida depois do isolamento social. Esse período em casa tem sido de muita reflexão e não tenho dúvidas de que muitos de vocês se pegam pensando na infinidade de coisas que querem fazer quando a quarentena acabar. Eu sinto que o coronavírus tirou o controle que nós tínhamos das nossas próprias vidas, então a volta gradual ao “normal” vai ser repleta de planos, desde os mais básicos (como chamar aquele amigo do trabalho para almoçar) até os mais elaborados, tipo planejar a viagem dos sonhos!

ASSISTINDO…

This is Us. Geralmente, meu gosto pessoal por séries são aquelas que envolvem mistérios, crimes e ficção. Porém, nessa quarentena eu comecei a assistir This is Us, uma série totalmente “gente como a gente”. Conta a história de várias gerações de uma mesma família e os dilemas que todos nós enfrentamos: perdas, brigas, conquistas, decepções, realizações. É bem vida real, não tem um personagem “do mal”, sabe? Todos são humanos, com qualidades e defeitos, por isso é tão interessante ver a evolução deles. Em vários momentos consigo identificar aspectos da minha personalidade neles também. Mas ah, acho válido deixar um aviso: é bem emocionante e arranca várias (ok, MUITAS) lágrimas.

VESTINDO…

No começo do isolamento, eu ainda gostava de me arrumar pra trabalhar de casa. Fiquei por um bom tempo fazendo maquiagem e pensando em looks legais para apresentar o Drops (programa de notícias diário nos stories do Estadão)… Mas depois essa vontade passou. É claro que não gravo de pijama, mas tenho optado por peças mais simples e confortáveis para ficar em casa, e que ainda assim sejam bonitas. Nos dias em que não apareço nas gravações, uso peças que não precisam ser passadas, como roupas de ginástica. E é nesse momento que eu confesso: que saudades de pensar nos looks pra sair!

LENDO…

Muito! Fico tão feliz toda vez que lembro como foi bom ter incluído a leitura nos meus hábitos diários. Já foram diversos livros nessa quarentena, mas escolhi um que se destacou bastante: A mulher na janela. Acho que foi o livro que li mais rápido na vida! Eu gosto quando a leitura me prende desde o começo e foi exatamente isso que aconteceu. Super recomendo! Clique aqui para comprar na Amazon 🙂

OUVINDO…

Jazz Relax, uma playlist do Spotify! Eu adoro colocar músicas calminhas quando estou lendo e essa seleção é ótima!

Como tem sido o seu período de isolamento social? Compartilha aqui comigo 🙂

Continue Reading