Mês: dezembro 2016

Obrigada, 2016!

2016 foi um ano intenso de diversas maneiras. Comecei o ano com o pé direito, fazendo o que mais amo na vida, e agora me vejo encerrando-o da mesma maneira. Só isso já é motivo suficiente para justificar o quão incrível esse ano foi.

2016 foi um ano de mudanças. Entrei na faculdade e comecei a estudar o curso dos meus sonhos. Foi uma mudança que eu esperava e agarrei com tanta força de vontade que já comecei a colher os frutos dessa escolha. Entrei para o melhor trabalho que eu poderia ter achado para esse começo, e hoje me sinto sortuda por fazer parte de algo tão especial.

No meio do caminho, eu conheci pessoas maravilhosas. Pessoas com quem dividi as melhores risadas, os piores choros, as primeiras experiências e oportunidades tão únicas que dão até orgulho de olhar para trás e ver que o esforço não foi em vão.

Nesses últimos anos, sempre tive aquela sensação de que a minha melhor fase ainda estava por vir. Apostei minhas fichas em 2016, e não é que acertei? Talvez esse tenha sido o melhor ano da minha vida até o momento.

Além de começar a me descobrir profissionalmente em 2016, eu percebi o quanto cresci no âmbito pessoal. 2015 me trouxe alguns problemas à tona; problemas esses que eu precisava enfrentar, mais cedo ou mais tarde. Quando chegou 2016, eu sabia que teria que dar um fim a eles. Dito e feito. Como já diz Fabíola Simões em uma frase que eu amo, “E de repente, numa manhã qualquer, acordamos e percebemos que já podemos lidar com aquilo que julgávamos maior que nós mesmos. Não foram os abismos que diminuíram, mas nós que crescemos”.

Percebi, então, que a vida é feita definitivamente de momentos. 2015 foi tão difícil que às vezes desejava que ele acabasse. 2016 veio para provar que não tem fase ruim que dure pra sempre. 2016 chegou e me fez feliz como nenhum outro ano havia feito antes.

Para 2017, fica aqui meu pedido: que seja tão bom como 2016 foi para mim. E, caso não possa ser, que pelo menos me ensine e me mostre que de todas as experiências, as lembranças que levarei são os momentos incríveis que vivi.

7 filmes para assistir na véspera de Natal

A época mais linda do ano está chegando e eu preparei um post especial pra curtir essa data! Chame a família, faça a pipoca e prepare-se para curtir 7 filmes clássicos de Natal!

ESQUECERAM DE MIM (1990)
Kevin faz parte de uma grande família de Chicago qye decide passar o Natal em Paris. Entretanto, o garoto de 8 anos acaba sendo esquecido em casa e, além de se virar sozinho, ele precisa defender a casa de dois ladrões atrapalhados.
O GRINCH (2000)
Grinch é uma criatura verde que odeia o Natal. Para impedir que a população de Quemlândiacomemore essa fata festiva, ele cria o seguinte plano maligno: invadir várias casas e roubar tudo que esteja relacionado ao Natal. Entretanto, seu esquema tem tudo para dar errado quando conhece Cindy Lou, uma jovem menina que quer descobrir o verdadeiro significado do Natal.
MILAGRE NA RUA 34 (1994)
Susan é uma criança de seis anos que, apesar de ouvir histórias sobre o Papai Noel, nunca acreditou que ele realmente existia. Certo dia, ela o encontra em uma loja de departamentos e começa a acreditar que, no fim das contas, os sonhos se tornam reais quando você realmente acredita.
UM DUENDE EM NOVA YORK (2002)
Buddy é um homem que se transforma em um elfo. Isso lhe causou problemas no local onde vive, o que faz com que ele se mude para Nova York a procura de seu pai, Walter. Ao encontrá-lo, logo se decepciona: Buddy descobre que seu pai não acredita em Papai Noel.
EXPRESSO POLAR (2004)
Billy está acordado na véspera de Natal e já não vê mais motivos para acreditar no Papai Noel. De repente escuta um barulho e se depara com um trem gigantesco na porta de sua casa, o qual tem como destino o Pólo Norte.
OS FANTASMAS DE SCROOGE (2009)
Ebenezer Scrooge é um milionário velho e rabugento que odeia o Natal. Certo dia recebe a visita de três fantasmas do Natal: do passado, do presente e do futuro. Eles o farão refletir sobre suas escolhas e sentimentos.
O ESTRANHO MUNDO DE JACK (1993)
Jack é uma criatura fantástica que vive na Cidade do Halloween, a qual passa todos os anos organizando a festa de Halloween. Cansado dessa rotina, ele larga a cidade e atravessa o portal do Natal, onde o espírito natalino deixa a energia do local totalmente diferente. Decidido a levar esse espírito do Natal à Cidade do Halloween, Jack sequetra o Papai Noel e pretende fazer seu próprio Natal. 

Feliz Natal!

Você precisa assistir The OA!

Quantas vezes você recebeu uma indicação de série que demorou vários episódios pra te prender de vez? Confesso que, para mim, série boa vai te prender desde o começo. 
Ontem vi uma propaganda no YouTube de uma série nova da Netflix: The OA. A sinopse me interessou e eu comecei a assistir. A história me consumiu tão rápido que, agora que terminei todos os episódios, vim tentar convencer vocês a assistirem também!

Prairie Johnson ficou desaparecida por sete anos. A volta dela seria apenas mais uma história de superação se não envolvesse um grande mistério por trás: quando desapareceu, Prairie era cega; agora, ao voltar, ela enxerga. Tanto os pais quanto o FBI pedem para que ela conte o que ocorreu nesses anos, mas a jovem não o faz até encontrar um grupo de amigos que pode ajuda-la em sua missão. 

Para aqueles que assistiram Stranger Things, já posso adiantar que as séries são bem parecidas. Não que uma seja cópia da outra, mas alguns elementos são semelhantes e garantem aquela fisgada do telespectador em tão pouco tempo de episódio.
A série mexe muito com o sobrenatural e devo dizer que, mesmo não gostando dessas coisas mais extraordinárias, The OA me agradou MUITO.
No total, são 8 episódios e cada um dura, em média, uma hora. A atriz principal que interpreta Prairie,  Brit Marling, é co-criadora da série ao lado de Zal Batmanglij. A produção ficou por conta da Netflix e da Plan B, produtora do ator Brad Pitt.

Quer ler mais um pouco sobre séries de TV? Clique aqui e confira vários posts sobre o tema!
 

11 dicas para planejar um roteiro de viagem

Não dá dúvidas de que viajar tornou-se um hobby contemplado por muitas pessoas.Economizar dinheiro para investir em uma viagem é a aposta certeira para expandir os horizontes, adquirir conhecimento e ter muita diversão. Entretanto, montar um roteiro completo e organizado pode ser difícil, além de demandar tempo e dedicação para realizar muitas pesquisas. 

Confira 11 dicas para organizar o roteiro completo para sua viagem!

1. DEFINA A REGIÃO, CLIMA E ATIVIDADES QUE VOCÊ PROCURA
O primeiro passo é escolher o destino, a época do ano e as possíveis atividades que você quer realizar no local. Isso será nosso ponto de partida.
2. DEFINA QUAIS CIDADES DA REGIÃO VOCÊ QUER VISITAR 
Depois de escolher o país, veja as cidades que você tem interesse em conhecer. Nos casos em que o país é muito grande, vale a pena dividi-lo em duas viagens para não deixar de fazer nada devido ao curto período de tempo.
3. DEFINA QUANTO TEMPO VOCÊ FICARÁ VIAJANDO 
Esse item depende de diversos fatores. Nesse caso, você deve considerar se está viajando em período de férias, quanto dinheiro tem para investir nessa viagem, ou até mesmo quantos dias os locais demandam para fazer um passeio legal.
4. DEFINA O MEIO DE TRANSPORTE QUE SERÁ USADO
Escolheu o local e as cidades que quer conhecer? Agora é o momento de ver a locomoção. Compare os preços e veja qual meio de transporte vale mais a pena, seja ônibus, carro, metrô, trem, avião, etc.
OBS: nesse caso, considere o número de pessoas que vão viajar juntas. O trem, por exemplo, pode não ser a melhor opção para uma família de quatro pessoas, mas é ótimo para viajantes únicos.
5. VAI DE CARRO? ESCOLHA AS POSSÍVEIS ROTAS NO GOOGLE MAPS
Se você optou por usar o carro como meio de transporte, não deixe de organizar todo o percurso previamente. Inclua as cidades e veja qual ordem de roteiro fica mais eficaz e interessante.
6. PESQUISE AS ATRACÕES DE CADA CIDADE
Depois de escolher as cidades, veja quais atividades você tem vontade de fazer em cada uma delas. 
OBS: cuidado com as datas comemorativas do país ou cidade. Algumas atrações podem mudar seu horário de funcionamento ou até mesmo não abrir em datas como Natal, Ano Novo, etc. 
7. RESERVE OU COMPRE AS ATRACÕES MAIS CONCORRIDAS 
Algumas cidades têm atrações muito procuradas. O ideal é comprar ou apenas reservar os ingressos, assim você evita filas ou até mesmo não conseguir entrar na atração. 
8. DIVIDA AS ATRACÕES POR LOCAL OU PROXIMIDADE
Para otimizar seu tempo na cidade, separe as atrações mais próximas e deixe para fazê-las no mesmo dia.
9. COMPARE PREÇOS DE PASSAGENS E HOTÉIS 
Os preços variam muito e a chance de encontrar promoções sempre é alta quando há pesquisa. Procure em sites diferentes e avalie muito antes de fazer sua reserva ou compra.
10. PESQUISE INDICAÇÕES EM BLOGS, SITES E COM AMIGOS 
As recomendações contam muito na hora de programar uma viagem. Não deixe de pesquisar dicas em blogs de viagem e sites especializados. Além disso, converse com amigos que já foram pra esse lugar. Eles podem te dar dicas muito interessantes!
11. PESQUISE SOBRE OUTLETS E COMPRAS NO LOCAL 
Pensou em fazer compras na viagem? Então se programe para isso. Pesquise outlets próximos a cidade e não deixe de levar em conta o valor da moeda local. Alguns países podem acabar saindo mais caro que o Brasil. 
OBS: pensar em compras ajuda também a organizar a mala de viagem. Se você pretende fazer compras, talvez seja mais interessante ir com uma mala menor ou então levar uma vazia. 

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS POSTS SOBRE VIAGENS!

5 séries para assistir enquanto a sua favorita não volta do hiato!

Quem é viciado em alguma série sabe o sofrimento que é ficar meses sem ela. As séries costumam escolher um período do ano para entrar de férias (hiatus); isso pode ser para dar uma pausa na temporada ou até mesmo dar início a uma nova. Seja qual for o motivo, nós não aguentamos esperar e temos que nos contentar com esse intervalo que mais parece uma eternidade.
Sei o quanto isso é ruim, porque no momento me sinto assim com How To Get Away With Murder (vocês assistem? O último episódio deixou todo mundo curioso!).

Então que tal aproveitar esse tempo de espera para os próximos episódios investindo em uma série nova? Vem que eu te mostro 5 opções diferentes para você ficar entretido e, quem sabe, arranjar um vício novo!

3%

3% é a primeira série brasileira produzida para a Netflix. Ela conta a história de uma sociedade distópica e pós-apocalíptica. O planeta está devastado e, para ter a chance de sobreviver, os cidadãos passam por um processo aos 20 anos. Essa seleção de provas físicas e psicológicas levam os vencedores ao Maralto, uma região onde as oportunidades garantem uma vida satisfeita. Entretanto, apenas 3% dos inscritos chegarão lá.

Black Mirror


Black Mirror é uma série tensa e que vai te fazer refletir sobre muitas coisas. Cada episódio explora uma história diferente, sempre envolvendo as mudanças que a tecnologia está trazendo à sociedade, sejam elas boas ou ruins.

Designated Survivor


O capitólio, nos Estados Unidos, sofre um ataque a bomba. O acidente matou o presidente do país, além de vários outros funcionários que lá estavam. Tom, o secretário de habitações e desenvolvimento urbano, se vê com a grande missão de assumir a presidência do país mais poderoso do mundo. Aos poucos, ele descobre uma grande conspiração e precisa proteger sua família dos perigos que ela traz.

The Crown

The Crown vai te levar de volta aos anos 50 do século passado. Explorando o universo da realeza, conta a história da Rainha Elizabeth II e as audiências semanais que fazia com seus primeiros-ministros. A série foi baseada na peça The Audience.

Westworld

Produzida pelo HBO, Westworld veio para concorrer com os vários lançamentos da Netflix. A história mostra um parque temático futurístico para adultos, dedicado à diversão dos ricos. Ele reproduz o Velho Oeste com andróides, que acreditam que são humanos e levam uma vida real.  Quem visita o local pode ter uma experiência completa de liberdade, em um lugar onde não é preciso obedecer regras ou leis. Entretanto, uma atualização no sistema dá errado e as “consciências artificiais” começam a perceber que suas existências não passavam de uma grande mentira.

Agora é com vocês: quais séries vocês me indicam? E dessas, quais já assistiram?